BLOCO K: MUDANÇAS EM 2019

O Bloco K é um registro que faz parte do SPED FISCAL,  foi criado para controlar a produção e estoque de uma empresa industrial. Antigamente os números de entradas e saídas de notas fiscais eram registrados em livros fiscais,os livros de entrada e saída bem como inventário anual já haviam sido substituídos por blocos do Sped, agora é a vez do livro de produção

Recentemente, a Receita Federal publicou um comunicado, que obriga a escrituração completa do Bloco K para o controle de estoque referente a 2018. Com esta medida, o Governo espera colocar fim à sonegação de impostos por parte de indústrias brasileiras.

A obrigatoriedade para a grande maioria das empresas começa em Janeiro de 2019, onde atingirá aquelas com faturamento abaixo de R$ 78.000.000,00

Ao que tudo indica não teremos uma prorrogação deste prazo visto que dois grupos já se adequaram á esta obrigação,o primeiro grupo começou em Janeiro de 2017 para aquelas empresas com faturamento acima de R$ 300.000.000,00 e o segundo grupo em Janeiro de 2018 para as empresas com faturamento acima de R$ 78.000.000,00

O Bloco K enviado em Janeiro de 2019 terá como base inicial o saldo de estoque informado em 31/12/2018, Por isso é muito importante o acompanhamento e controle de seu estoque desde já, pois apesar da obrigatoriedade ser em 2019, as informações utilizadas partirá de 2018.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: